Imagem
Extensão

Patologia de Vedações e Revestimentos de Fachadas de Edifícios: Inspeção, Diagnóstico, Reparo e Prevenção

Em breve

Estudo da sintomatologia de fissuras e ocorrência de anomalias nos sistemas de vedação leves de fachadas de edifícios e do sistema de revestimentos de fachadas (argamassas cimentícias inorgânicas, monocamadas e placas cerâmicas), assim como a determinação das suas prováveis origens e critérios que poderão ser adotados na recuperação destas anomalias e como evitá-las.

 

O curso fornece conhecimentos e ferramentas para os alunos:

1. Identificação dos sistemas de vedação leve internos e externas de edifícios;

2. Identificação dos fenômenos patológicos que ocorrem nos sistemas de vedação

leve interna e externa de edifícios;

3. Identificação dos fenômenos patológicos em sistemas de revestimentos com

argamassas inorgânicas e placas cerâmicas;

4. Ensaios tecnológicos em vedações (norma de desempenho), e sistema de

revestimentos externos: classificação, análise e aceitação;

5. Conhecimento de projetos de produção de vedação de alvenaria;

6. Conhecimento de projetos de produção de sistema de revestimentos de

fachadas;

7. Estudo dos sistemas e materiais de construção para a recuperação de

alvenarias e revestimentos externos;

8. Estudos de casos.

Carga Horária: 20 h.a.

Horário das Aulas:
Terça-feira: 19:15h às 22:45h
Quarta-feira: 19:15h às 22:45h
Quinta-feira: 19:15h às 22:45h

Tenho interesse neste curso!

Investimento

De R$ 1.780,00

por R$ 890,00.
Consulte-nos para opções de desconto!

O que você irá aprender

1.0 - INTRODUÇÃO E DEFINIÇÕES.
2.0 - ELEMENTOS E SISTEMAS DE VEDAÇÃO.
3.0 - Patologia em revestimentos de argamassas inorgânicas de fachadas de edifícios:
3.1 - Introdução:
3.2 - Falhas da cadeia produtiva na construção civil;
3.3 - Tipos, entrega, classificação e uso das argamassas de revestimentos em obra;
3.4 - Fissuração das argamassas de emboço em fachadas:
3.4.1 - Fissuras geométricas por deficiências do revestimento de argamassa cimentícia
inorgância;
3.5 - Deterioração química da argamassa de emboço;
3.5.1 - Vesículas;
3.5.2 - Empolas;
3.5.3 - Pulverulência;
3.5.4 - Reações expansivas;
3.5.5 - Tipos, fabricação e deficiências da cal nas argamassas;
3.5.6 - Uso de cimentos inadequados ao tipo de execução;
4.0 - Fissuras geométricas por movimentações de base:
4.1 - Limitações e índice de esbeltez;
4.2 - Trincas nas quinas das aberturas;
4.3 - Trinca nas regiões de amarração e fixação das alvenarias as estruturas;
4.4 - Fissuras por deformação excessiva em balanços;
4.5 - Fissuras em alvenarias com amarração a prumoç;
4.6 - Fissuras em platibandas;
4.7 - Fissuras excessivas por deformações de lajes;
4.8 - Fissuras que fotografam as juntas de assentamento dos blocos;
4.9 - Fissuras inclinadas nos últimos pavimentos;
4.10 - Fissuras em alvenarias internas por deformações excessivas de vigas.
5.0 - Excelência na execução do sistema de revestimento para minimizar a ocorrência de
patologias, envolvendo projeto de produção de revestimento de fachadas e execução do
sistema de revestimento - sequência executiva de subida e descida de balancins e
controle tecnológico do revestimento final;
6.0 - Execução de painéis protótipos para a classificação do sistema de revestimentos;
O IDD está preparando uma novidade para a sua formação, com cursos que irão turbinar o seu currículo.

Quer saber mais?